18 comentários:
De CARLOS ROIBERTO DE SOUZA a 9 de Dezembro de 2011 às 01:29
POETISANDO-TE

Em um labirinto de emoções
O seu amor é a minha única saída.
Meus sonhos flertam com a realidade
Causando-me paixões incontroláveis.

Em seus braços
Quero me entregar plenamente
Libertar meus sentimentos
Encarcerar minhas desilusões
Navegar em seu horizonte.

Mais do que nunca quero estar ao seu lado
Poetisando-te em todos os momentos,
Compatilhando todos os instantes,
Te amando por toda a eternidade.

*(Agamenon Troyan)
SKYPE: tarokid18


De Adrian LaRoque a 25 de Agosto de 2011 às 02:57
Fiquei feliz por voltar aqui, e ler outra vez. Meu tempo tem sido pouco Cristina, gostei muito de voltar ao teu blog. Continuarei a ler, gosto de perder um pouco pela língua portuguesa, minha língua mãe.  É bom fazê-lo num blog de uma excelente poeta e escritora. Parabéns minha amiga.


De pene lungo a 12 de Outubro de 2010 às 05:49
O blog é muito interessante, se você deseja estender o acordo para além das fronteiras nacionais, por que não tentar escrever alguns comentários em Inglês?


De mariana gouveia a 12 de Agosto de 2010 às 10:24
Nuncame doeu tanto ler isso.Essa mesma dor,já foi minha.
Beijos,minha fada


De il pene a 16 de Julho de 2010 às 12:34
Este texto bonito. escrever é uma terapia natural que nos ajuda não só para lançar luz sobre os problemas, mas também para superar


De crismestre a 14 de Janeiro de 2010 às 19:15
Que beleza de palavras...
Beijinho Xára


De Daniel Aladiah a 28 de Novembro de 2009 às 16:38
Querida Cris
A magia dos pensamentos, dos actos, que estão na base da poesia, mesmo que sejam só sonhos, mal dormidos...
Um beijo
Daniel


De Cris a 28 de Novembro de 2009 às 18:11
Mesmo que só sonhos... é isso, Daniel.
Bom fim de semana e um beijo


De Fatyly a 13 de Novembro de 2009 às 22:12
Um beijo em silêncio e desejo-te/vos um bom fim de semana.


De Cris a 14 de Novembro de 2009 às 14:42
Obrigada, Fatyly. Estou à espera que chegue a Pickles mais velha, que anda às voltas com o mestrado.
Venho aqui menos vezes, já te deste conta, por certo, mas, venho, já que, apesar de tudo, ainda é um espaço onde gosto de estar.
Beijo doce para ti e toda a tua prole bonita e as tuas melhoras.
Tuas,
Cris e Pickles***


De Vasco lyuis a 13 de Novembro de 2009 às 20:34

Olá Cris
....

tens aqui uma musiquinha linda, de quem é?


nem imaginas as saudades....


De Cris a 14 de Novembro de 2009 às 14:51
Olá, Vasco,
A música é de um músico e compositor óptimo, Andreas Vollenweider, suiço. Basta olhar o "stick" para ver o nome da música e o autor.

Bom fim de semana  e obrigada pela visita.


De Helena Paixão a 7 de Novembro de 2009 às 23:15
Demorou... o teu regresso... e que regresso! Com um poema lindíssimo, preenchido de nostalgia e doçura. Adorei, especialmente a forma de promessa com que termina.

Beijocas muito graaandes!


De Cris a 8 de Novembro de 2009 às 14:42
Obrigada, Lena.

Um maravilhoso Domingo para ti.


Comentar post