Domingo, 28 de Dezembro de 2008

Deixa que chova, que faça sol, que seja uma espécie de festa.

Não seques os lábios.
Faz deles dedos macios
que me percorram
que ondulem
que bailem em mim.

 

 

Fotografia de  © Michael Grotkamp

 

Corremos

Sobre um arco de cor

Que molda dois corpos.

Transpiramos ânsias,

Vontades,

Pistas que vamos deixando

Espalhar-se pelo chão....

 

Não olhamos para trás

Uma vez,

Duas,

Sequer uma!

Vais fazer-me a surpresa?

Vais chegar antes de mim?

 

Quando chegares

Fecha os olhos..

Teus braços

Envolverão um calor

Emanação de um prazer...

Experimenta banhar-te

Nas lagoas de chuva

Que musicarei para ti...

 

Nas margens

Palpitarão corações

Cheios,

Transbordantes

De luz

Dos cantos brandos

De cisnes negros.

 

Vais ver os dias

Cair em cascatas.

Vais ouvir todas as noites.

As árvores esconderão clareiras.

Dos ramos, penderão pedaços de leitos…

Será então que chegarei a ti!

 



publicado por Cris às 17:23 | link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Nuno de Sousa a 30 de Dezembro de 2008 às 15:46
Olá minha boa amiga Cris...

Calculo que andes feliz junto da tua filhota a matar essas saudades todas... por isso esse arco-íris que irradia felicidade :-)

Feliz ano de 2009 para ti amiga e que ele te traga o que mais desejas principalmente saúde, amor e alegria.
Bjs grandes deste amigo,
Nuno de Sousa


De Paulo - Intemporal a 30 de Dezembro de 2008 às 14:33
F
e
l
i
z

2
0
0
9

Onde a saúde seja o maior bem alcançado e porta aberta para a felicidade suprema.

Um abraço,

Paulo

[passo mais logo para comentar o post]


De Carla a 29 de Dezembro de 2008 às 18:17
a beleza em palavras
passei para te desejar um ano de 2009 cheio de c coisas boas
beijos


De Cris a 29 de Dezembro de 2008 às 23:13
Já não escrevia aqui no lugarejo há uns dias. Bateu a saudade, a vontade.
Um 2009 repleto de tudo de bom, Carla.
Beijo


De Claras Manhãs a 28 de Dezembro de 2008 às 21:49
'Vais ver os dias cair em cascatas'
que bela imagem, Cris!

Minha querida, um óptimo 2009, cheínho de Amor, de Paz, de Saúde
cheio de tudo o que queiras e que mereces sempre mais.

beijinho grande de quem te gosta muito, muito.


De Cris a 29 de Dezembro de 2008 às 23:11
e eu de ti, Linda, e eu de ti!
que seja um ano bom...será que peço demais desejar que seja melhor do que este que está prestes a findar?
Meu beijo, Querida


De Fatyly a 28 de Dezembro de 2008 às 18:51
Possa...como escreves tão bem:)))) e nem tenho palavras.
Adorei fiota mais nita!

Beijocas


De Cris a 29 de Dezembro de 2008 às 23:09
Tens palavras, sim, Mãezona. Tens sempre um arco-íris de palavras.
Fico sempre mais rica, sempre com mais força.
Maravilha sentir o colorido com que nos polvilhas... esse teu pó de estrelas, o tesouro que colocas no fim do teu arco de cor tão mágico.
Beijitos


Comentar post





mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Artigos recentes

 


...

Bonança

Ti'Mariquinhas, mãos chei...

Infinito

...

...

Viagem

Serenidade

Triste Forma de Amar

Não deixes de nos olhar

Arquivo

 

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Outros Lugarejos



A-manh-ser
adesenhar
Ao Sabor do Vento

Branco e Preto II
By The Canon Viewfinder

Claras Em Castelo
Claras Manhãs
(A) Clareira
Codornizes
Chris

Da Condição Humana
Dias Desiguais
Doce Modo de Olhar a Vida

Entre Tempos Que Se Tecem
EREMITÉRIO
Estórias de Bicharocos e Bicharada
Estrada de Santiago
(O) espaço azul entre as nuvens
Estúdio Raposa-Luís Gaspar

Flávia Vivendo em Coma

Golden Oldies

Humores

Ilha dos mutuns
(In)Perfeições
Intemporal
It’s going to be, hold it, legendary

(O) jardim e a casa

Madrugadas de Volúpia
Mar de Sonhos
Menina Marota
Microargumentos
Migalhas
Ministério da Soltura

Na Linha das Linhas
noVI TÁ
Nuno de Sousa

Outros Olhares

Palavras da {{coral}}
Palavras em Desalinho
Partilhas
Plan(o)Alto II
Poemas de Amor e Dor
Poesia Portuguesa
poetaeusou...
Poetizando a essência de mim

Reflexões Caseiras
(O)Repórter Alentejano
Revelações...Avulsas

Sal p!car te
Sidadania
Silêncios da Minha Alma

Traços e Letras
Truca-Luis Gaspar

Um olhar sobre...
Uma Nova Cubata

Velas ao Vento
(O) Vento Contra a Cara
Vida de Casado

Webclub
Words


Lugarejos que me encantam



Comércio e Tradição
Fotolog de Ana Rita Pinto

Anúncios grátis
blogs SAPO
subscrever feeds