Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

 

 

 

Levo comigo os sonhos,

todos os que as minhas mãos são hábeis de sustentar.


 

 

Fotografia de  © Chimera`

 

 

 

 

Esqueço tudo o mais.

Vadio pelo acaso,

Com tempo…

Com todo o tempo do mundo!

 

 

 



publicado por Cris às 17:18 | link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De Paulo - Intemporal a 7 de Janeiro de 2009 às 20:35
Trago comigo os sonhos que levas na habilidade com que os sustentas no teu mundo encantado, que urge ser sempre a realidade de todos os dias, o nexo e o anexo para a felicidade.

Que sorvo aqui.

Que sorvo em ti.

Deixo-te um beijo, sempre enorme


De Maris a 3 de Janeiro de 2009 às 04:28
vou tentar repetir...parece-me que algo correu mal, porque o meu comentário anterior aparece como anónimo?! - sou uma nulidade nisto...

bom...vou tentar de novo, mediante uma cábula que tenho:

voe (http://www.youtube.com/watch?v=l709c8WHBgY)

se não der...desisto.
Mariz


De Anónimo a 3 de Janeiro de 2009 às 04:12
Salvé Cris

Peço desculpa pela demora da resposta, mas é raro passar pelo meu blog Mariz2, porque ali... não acontece quase nada...a não ser o "arquivo" de tudo o que já foi publicado, e os passeios que dou por outros blogs...
Grata pelas suas palavras que senti serem verdadeiras. Mas de facto não me recordo do comentário que teci ao qual refere - já agora gostava de o rever... pode enviar-me a página concreta para lá ir...?

Os meus votos para si, são no sentido que no Ano já "iniciado" a deixe mais confiante pela beleza inesgotável que existe aí dentro (pelo que escreve, pela forma como se exprime...e espero sinceramente, se valha sempre dela.
É a sensação que me passa....

Outro motivo de não vir mais cedo aqui, deveu-se ao meu primeiro presente deste novo Ano: o nascimento do meu 1º neto na manhã de dia 1. Chama-se Diogo - nome que transporta consigo a preocupação pelo bem da comunidade. Espero de facto que essa missão seja cumprida.

Então Cris, será uma honra incluir-me nas pessoas que habitualmente "segue".
Espero não nos perdermos de vista...já que estamos "d'olho" - uma na outra.

Abraço no Eternamente Agora

Mariz

ESPAVO! - como em MU (Lemúria) e quer dizer literalmente: "reconhecendo a LUZ que há em SI"!


p.s. - poema e imagem...incomentáveis! - olhares e sentires, se plasmam (dentro).
A este propósito...aqui vai um presente de Novo Ano e começos:
<a href="http://www.youtube.com/watch?v=l709c8WHBgY>voar</a>


De Cris a 3 de Janeiro de 2009 às 15:30

Eu envio sim, Mariz. Foi feito num blog que há pouco encontrei e que me encantou. Por tanto ter sido dito, de forma tão clara, tão sentida por si, lá, fui ao seu espaço e deixei o meu pedido :)
Vou tentar encontrar o seu email, para lho enviar.

Do vídeo que me deixou, só consigo dizer que é lindíssimo!
"O amor é vivo, sim!"

Mil beijos e um obrigada apertado, cheiiio de tudo de bom. Do menos bom, que consigamos separar o trigo do joio e ficar com o que, apesar de tudo, nos torna mais fortes.

Muita luz, Amiga e deixemo-nos levar naquele balão de sonhos, ao acaso...ao sabor dum sorriso.

Com admiração, muita,

Cris



De mariz a 5 de Janeiro de 2009 às 05:06
Cris:

Se estiver errada sugiro que me corrija por favor. A tal conversa surgiu dum post no Intemporal(Paulo) onde se expunham sentires sobre alguns "mamarrachos" chamados de "Arte" e mais ainda..."Sacra"?! Expostas em certo local de culto já tão desgastado por inúmeras posturas/atitudes de fé cega e dogmas ultrapassados? Seria isso?
Porém e por paradoxal que pareça, todos os anos, lá vou passar o dia do meu aniversário para ter por companhia mais directa, a minha MÂE de origem, por o muito que me vem oferecendo e pelo que me deu a conhecer do Caminho - e sempre deixa a Sua Marca...

Deixo um abraço
Mariz


De Maris a 5 de Janeiro de 2009 às 05:08
ressalva:

..."no qual deixa sempre a Sua Marca" - e sei...porque sinto e vejo.
Basta ficar atenta aos "sinais"!

Beijo para si
M.


De Fatyly a 2 de Janeiro de 2009 às 11:35
as tuas mãos e sobretudo a tua enorme bagagem de sonhos que carregas numa mala que lhe dou nome de: coração.

A foto é linda, mas ainda mais belas são as tuas palavras, todas elas cheias...

Beijos meu doce e dá gás a esse balão..........................................................................................de................................................................................................................................................. SONHOS /ESPERANÇA/ SORRISOS/ ACREDITAR.

Uma beijoca desta tua mãezona que amanhã irá pegar ao colo numa bébé ou julgas que me esqueço?


De Cris a 2 de Janeiro de 2009 às 19:40
Esta foto é mesmo bonita, não é? Apaixonei-me mal a vi! Nem sabes como sinto vontade de ir... ao sabor dum sonho.
Quanto a pegares num bebé, bom!... Livra-te!...rs que te deserdo e já não és a minha Mãezona que eu tanto Adoro!

Estou a brincar, Fatyly ;) Vou adorar estar no teu colinho, claro que vou! Sabes que corro para ti tanta vez, tanta!
Mil beijos e vamos acreditar sim que os sonhos se realizam.
Cheira-me a que vai haver uma surpresa aqui na "barraca"... As Pickles andam mto misteriosas... lol e eu amo quando sou mimada por elas! Ehehehehe


De Claras Manhãs a 1 de Janeiro de 2009 às 19:09
A mim, sei lá porquê, parece-me que cada vez urge mais o tempo
para efectivar os sonhos

Feliz Ano Novo, minha querida e que se cumpram todos os sonhos

beijinho doce, te tanto amor por ti


De Cris a 2 de Janeiro de 2009 às 19:43
Depois daquele teu texto para a foto do Nuno, que posso dizer? Tens mil sonhos, Minuxa e realizas antos a tanta gente, já te deste conta?
Continua, não páres nunca porque, tal como o Poeta dizia: "O Sonho comanda a vida"

Beijo e bom Ano para ti e todos os teus, Linda


Comentar post





mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Artigos recentes

 


...

Bonança

Ti'Mariquinhas, mãos chei...

Infinito

...

...

Viagem

Serenidade

Triste Forma de Amar

Não deixes de nos olhar

Arquivo

 

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Outros Lugarejos



A-manh-ser
adesenhar
Ao Sabor do Vento

Branco e Preto II
By The Canon Viewfinder

Claras Em Castelo
Claras Manhãs
(A) Clareira
Codornizes
Chris

Da Condição Humana
Dias Desiguais
Doce Modo de Olhar a Vida

Entre Tempos Que Se Tecem
EREMITÉRIO
Estórias de Bicharocos e Bicharada
Estrada de Santiago
(O) espaço azul entre as nuvens
Estúdio Raposa-Luís Gaspar

Flávia Vivendo em Coma

Golden Oldies

Humores

Ilha dos mutuns
(In)Perfeições
Intemporal
It’s going to be, hold it, legendary

(O) jardim e a casa

Madrugadas de Volúpia
Mar de Sonhos
Menina Marota
Microargumentos
Migalhas
Ministério da Soltura

Na Linha das Linhas
noVI TÁ
Nuno de Sousa

Outros Olhares

Palavras da {{coral}}
Palavras em Desalinho
Partilhas
Plan(o)Alto II
Poemas de Amor e Dor
Poesia Portuguesa
poetaeusou...
Poetizando a essência de mim

Reflexões Caseiras
(O)Repórter Alentejano
Revelações...Avulsas

Sal p!car te
Sidadania
Silêncios da Minha Alma

Traços e Letras
Truca-Luis Gaspar

Um olhar sobre...
Uma Nova Cubata

Velas ao Vento
(O) Vento Contra a Cara
Vida de Casado

Webclub
Words


Lugarejos que me encantam



Comércio e Tradição
Fotolog de Ana Rita Pinto

Anúncios grátis
blogs SAPO
subscrever feeds