2 comentários:
De Fatyly a 20 de Outubro de 2008 às 09:22
"Apesar da Chuva, florescem belas margaridas, das mãos delicadas dos jardins"...e uma vez mais a tua poesia levou-me longe, bem longe...e pensei: apre que acerrtou:)

Vi aqui pertinho a margarida que está tão longe...linda, linda, linda, e são estes laços que me fazem andar na net, que embelezam "madrigais".

Beijos miúda e outros para as minhas netas uiiiiiiiiiii tá quasi:):):)


De Cris a 21 de Outubro de 2008 às 03:03
Tá quase, sim, Mãezona!
Nem sabes o que eu chorei, quando a vi, ali. Tão lindos, todos, viste? São tão lindos, Minha Querida!
Há lá felicidade maior do que esta de ser Mãe, e, te ter, assim, tão minha...Mãe, também :-)
Não fosses tu e não a teria visto ali, tão linda, e, a eles, todos, tão doces!

Beijo dou-te eu, nas tuas mãos, sempre!
Obrigada, Amiga!


Comentar post