De Fatyly a 4 de Julho de 2009 às 12:04
Foram "um/único" e hoje ao abrir "a caixa dos biscoitos" o perfume não deixou de ser "único" mas recordado/apreciado separadamente.

A vida é assim e não há como dar a voltar mas sim aceitar!

Gostei muito e a foto é lindissima.

Beijos linda e um BFS


De Cris a 4 de Julho de 2009 às 14:44
Não há histórias iguais. Poderão ser similares, mas, iguais? Se algo é único não se repete porque não como, Fatyly.
Fechou-se a caixa, ponto final!
Recordar (confundir "ficção" com a realidade pode ser doentio, se em demasia, e, como tudo que é demais é moléstia, há que saber parar! Já chega de "doenças".)
Parei!

Que o teu fim de semana seja pleno de bom, também.
Beijo.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.