De Paulo Mello a 2 de Fevereiro de 2009 às 21:46
Muitas vezes o POETA precisa recolher-se para ouvir melhor a voz da sua própria POESIA. Foi isto, Cris, que teu poema me trouxe, esta sensação de que também são necessários estes momentos de recolhimento para aquele que traz a poesia dentro de si.

Quero dizer-te que beijos, abraços e recados foram transmitidos para a Calunguinha, que assim que possível vai entrar em contato contigo, segundo suas palavras. Vê-la, falar com ela, saber que está bem, foi o grande prêmio que recebi pelos dias de angústia que passei. Agora é seguir em frente e esquecer os momentos ruins, sempre movido pela fé no Poder Infinito.

Meu abraço fraterno, Cris, e os cumprimentos que levam o desejo de uma semana de Paz e Alegria junto aos teus.

Com apreço,
PMello


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.