Sábado, 31 de Janeiro de 2009

 

 

Nada dizer ...

Deixar que o tempo lhe lave os sonhos...

Não tarda,

terá um ramo de recordações,

um passado,

terno como a noite,

Jardim da Emoção

por onde passeava,

antes de se recostar no peito calmo dum poema.

 

 

 

 Imagem de © A. Almeida

 

 

Saboreia a voz de água doce da fonte

deixando-se levar por tão terna melodia,

experimentando a graça de se sentir tão bem,

enquanto o sol aquece

as pétalas alvas da poesia que ela vai cantando...

 

Hoje seria incapaz de escrever.

Hoje quer ser dela,

ouvido absoluto.

 

 



publicado por Cris às 16:42 | link do post | comentar | favorito

25 comentários:
De Menina Marota a 4 de Fevereiro de 2009 às 12:42
Uma pausa nestes dias frios de Inverno e a melhor maneira de esperarmos o florescer da Primavera nas nossas palavras e sentimentos.

Vim ler-te e deixar um abraço cheio de Amizade.


De Cris a 7 de Fevereiro de 2009 às 00:07
Saudades tuas, Menina.
Bom fim de semana para ti e todos os teus e outra para ti, aqui do lugarejo :)


Comentar post





mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Artigos recentes

 


...

Bonança

Ti'Mariquinhas, mãos chei...

Infinito

...

...

Viagem

Serenidade

Triste Forma de Amar

Não deixes de nos olhar

Arquivo

 

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Anúncios grátis
blogs SAPO
subscrever feeds